Academia de Letras de Balneário Camboriú lança concurso de trovas

A Academia de Letras de Balneário Camboriú (ALBC), de Santa Catarina, recebe até o dia 31 de julho as inscrições para o I Concurso de Trovas. Cada participante poderá enviar duas trovas inéditas com o tema Universo. Serão escolhidos cinco vencedores na categoria Veteranos e outros três na categoria Novos Trovadores, além de cinco menções honrosas e cinco menções especiais.

Para concorrer à categoria Novos Trovadores, writing gif.gifo candidato não pode ter obtido três premiações em outros concursos de trovas. A determinação é da União Brasileira de Trovadores (UBT), que apoia o concurso. “Qualquer um pode participar dos nossos concursos, embora seja difícil ter sua trova classificada. Mas é possível: tem que ser inédita e de sua própria autoria, tudo de acordo com as normas da UBT”, explica Ari Santos de Campos, presidente da Academia de Letras de Balneário Camboriú.

O concurso homenageia a poeta lageana Mara Terezinha de Souza (assinava como Marah Guedes), que participou da fundação da ALBC e ocupou a cadeira de número 4. Mara foi eleita presidente da Academia por duas vezes consecutivas e implantou atividades culturais como varais literários, poesias na praia, sessões de panegíricos (discursos e elogios a alguém) e sessões da saudade. Seu último trabalho foi o livro Anonimato, publicado em 2012, ano em que faleceu. Trovas enviadas com homenagens a Mara Souza serão consideradas “hors-concours

Como enviar a trova?

regulamento concurso de trovas bc 2017
Clique para abrir o documento.

Os trabalhos podem ser enviados pelo correio ou por e-mail. Também por determinação da UBT existe um padrão no preenchimento dos envelopes e dos e-mails, que não devem ter arquivos anexados: o poema deve ser escrito no corpo do e-mail, com fonte Arial 12, sem espaços e identificada com o nome, endereço completo, telefone e e-mail do participante.

Para enviar pelo correio, o poeta deve seguir os seguintes passos:

1 – Datilografar ou digitar o tema e a trova na face externa de um envelope de cor branca, com medidas de aproximadamente 8 x 11 cm.

2 – Colocar dentro desse envelopinho um papel com a identificação do autor: endereço completo, contatos e assinatura. Lacrar o pequeno envelope, para manter o sigilo exigido nos concursos.

3 – Colocar o envelopinho dentro de outro maior e remeter para o endereço do concurso. Como remetente, colocar sempre “Luiz Otávio” (ou outro nome que o regulamento estipular) e repetir o endereço do destinatário.

As duas trovas podem ser enviadas dentro de uma mesma correspondência, não sendo necessário enviar duas vezes.

academia de letras de BC

Mas o que é uma trova?

Trova ou quadrinha é um poema com quatro estrofes de sete sílabas cada (redondilha maior). É obrigatório o uso de rimas, seja de maneira simples (ABCB), alternada (ABAB), oposta ou interpolada (ABBA), ou, ainda, emparelhada (AABB). Deixo aqui exemplo do querido Mário Quintana:

Trova

Coração que bate-bate
Antes deixes de bater!
Só num relógio é que as horas
Vão batendo sem sofrer.

Mário Quintana

Anúncios