Resenha: Até que a morte os separe

Mais uma vez a escritora catarinense Katia Rebello nos brinda com um romance de linguagem leve, simples, carregada de diálogos bem estruturados e por vezes engraçados… e que nos prende. Li Até que a morte os separe de uma sentada! Esse é o décimo livro publicado por ela, o primeiro foi A Casa da Praia, em 1991. Esse primeiro havia recebido o Prêmio Nacional de Romance Virgílio Várzea, em 1988.

20170129_142812
Clássica selfie com o livro 😀

Até que a morte os separe é contado do ponto de vista da protagonista Patrícia, que tentará separar o casal Marlice e João. Ela vê o sofrimento da amiga em um namoro conturbado. João é ciumento e possessivo, mas Marlice está apaixonada e não quer deixá-lo. Patrícia então decide que só a morte de João iria afastar a amiga desse crápula. Ela começa a planejar o assassinato de João, mas no meio dessa tentativa descobre alguns fatos do passado que vão fazer toda a diferença na história.

Uma característica muito marcante dos livros de Katia é que todas as suas protagonistas são mulheres, e todas as histórias são narradas em primeira pessoa. Para ela é natural entrar na cabeça de uma personagem feminina, forte e independente.

Gosto de como a Katia aborda a questão da liberdade da mulher e da igualdade de gêneros de maneira sutil ao longo da história. Ali alguns homens também fazem trabalhos domésticos e não deixam tudo para suas esposas, e ela levanta a bandeira de que a mulher deve ser livre para fazer suas escolhas, por isso Patrícia fica p* quando a amiga cogita abandonar uma ótima oferta de emprego para cuidar do noivo. Ela teme que Marlice fique aprisionada com esse possível casamento.

A história é ótima e muito bem amarrada, reservando surpresinhas pro final, mas que não deixam o final “corrido”, como algumas vezes acontece com romances policiais e histórias de mistério. A fluidez do texto é muito natural.

Um pequeno senãozinho, que para muitos pode ser um defeito mais grave é a capa. Um romance com tanto potencial para ser lido e vendido precisa de uma capa mais trabalhada para chamar a atenção de leitores. Às vezes tenho a impressão de que editoras menores pecam um pouco nesse aspecto e acabam tornando os livros menos atraentes do que realmente são. É claro que isso não prejudica a leitura, mas pode repelir um possível leitor.

Ficha técnica:

Título: Até que a morte os separe Katia Rebello
Ano: 2016
Páginas:
232
ISBN:9788572912198

Nota: 10 pelo texto, 9 pelo conjunto.

Anúncios

3 comentários em “Resenha: Até que a morte os separe

Deixe um comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s